Categorias
Sem categoria

Questão 50 Comentada: Exame CFC 2021.2

Olá! Tudo bem? Espero que sim.

Hoje, trago para vocês uma questão comentada do Exame de Suficiência 2021.2, um dos mais difíceis da história.

Como todas as outras realizadas pela Consulplan, foi uma prova bastante complicada e diferente das demais, o que reforça a necessidade de se estudar com muita antecedência, já que não é possível estabelecer um parâmetro para o que cairá na próxima prova.

Acredito que a taxa de reprovação fique em torno de 80%. Por isso, estudar de forma planejada e organizada é essencial.

Se quiser se juntar ao nosso time de milhares de alunos do CFC De A a Z, estamos com matrículas abertas!

E o que você encontrará lá, em nossa assinatura anual, por apenas 12 x R$ 49,90?

Vídeos, livros digitais, mais de 30 horas de provas anteriores comentadas, simulados, fórum de dúvidas, grupo de alunos, semana de revisão de véspera, mapas mentais, planos de estudos e muito mais.

Então, vamos ao que interessa? A nossa questão!

Mas, antes, se você quiser, pode aproveitar e fazer o download gratuito da Prova 2021.2 Resolvida através do link abaixo.

Questão resolvida:

Texto para responder à questão 50.

O futebol é uma das principais práticas desportivas e, inclusive, atração cultural para o povo brasileiro, o que, consequentemente, provoca reflexos na economia do país ao gerar empregos diretos e indiretos no mercado, por seu potencial econômico. A notoriedade do futebol, como modalidade esportiva, foi um dos principais fatores a fazer com que o esporte se consolidasse também como uma área de negócio. A importância social e econômica do esporte tornou praticamente necessário que os clubes de futebol utilizassem a contabilidade, aliada às ferramentas de gestão, no processo de geração de informações para a tomada de decisão.

Embora o futebol movimente grandes volumes de recursos, é destacado por Silva, Teixeira e Niyama (2009, p. 1) que “as discussões recentes na imprensa esportiva sobre a viabilidade financeira de alguns clubes, o elevado endividamento, a falta de controle financeiro e os problemas de governança corporativa alertam para a relevância da contabilidade para estas entidades”. Por isso, o estudo da contabilidade aplicada às entidades desportivas é considerado relevante e, nesse sentido, normas contábeis foram instituídas para orientar o processo de contabilização dos fatos relativos às transações de entidades desportivas profissionais, de tal modo que se atribui à Contabilidade um papel imprescindível para a transparência econômico-financeira dessas entidades, bem como no auxílio à sua gestão.

(Christiane Maria Arantes Vieira Bragato, Marli Auxiliadora da Silva. RBC nº 243. Ano XLIX. Maio/Junho de 2020. Disponível em: http://rbc.cfc.org.br/index.php/rbc/article/view/1860/1292/. Fragmento com adaptações.)

Dentre os variados aspectos linguísticos que foram empregados no texto, destaca-se a flexão de algumas palavras mediante a necessidade do acréscimo de morfemas desinenciais. Assim, leia e analise as afirmativas a seguir sobre o aspecto mencionado e assinale a correta.

A) O emprego do adjetivo “necessário”, conforme visto no 1º§ ou como parte integrante de uma expressão, será sempre invariável.

B) A forma verbal “tornou” em “tornou praticamente necessário” não apresenta flexão de número por tratar-se de verbo impessoal.

C) Sendo a expressão “uma das principais práticas desportivas” sujeito de uma oração hipotética, ocorrerá a exigência do verbo apenas no plural.

D) A expressão “a fazer” em “foi um dos principais fatores a fazer” pode ser substituída por “que fizeram” ou “que fez”, de acordo com a intenção discursiva, mantendo-se a correção gramatical.

Comentários:

Letra A – ERRADA. Por ser adjetivo, o termo “necessário” poderá variar conforme o sujeito. Ex.: A prática contábil é necessária para que uma empresa consiga administrar melhor os seus recursos.

Letra B – ERRADA. Nesse caso a forma verbal “tornou” não é impessoal e concorda com o núcleo do sujeito da oração que é a palavra “importância”.

Letra C- ERRADA. Nesse caso, não tem como a expressão “uma das principais” ser o sujeito de uma oração hipotética já que, provavelmente, estará acompanhada do verbo “ser” e do sujeito da oração. Portanto, a expressão “uma das principais” exercerá a função de predicativo do sujeito.

Letra D – CERTA. Quando houver a expressão “um dos que”, o verbo poderá ficar tanto no plural quanto no singular. A concordância irá depender da intenção do autor e o que ele deseja enfatizar. Em “A notoriedade do futebol foi um dos principais fatores que fizeram com que o esporte se consolidasse” o verbo no plural enfatiza o termo “fatores”. Ou seja, vários fatores contribuíram para que para o futebol se consolidasse.

Se o verbo estivesse no singular, “A notoriedade do futebol foi um dos principais fatores que fez com que o esporte se consolidasse” o autor dá a entender que a notoriedade do futebol foi o fator mais importante para que o esporte se consolidasse.

Gabarito: Letra D.

Categorias
Sem categoria

Questão 49 Comentada: Exame CFC 2021.2

Olá! Tudo bem? Espero que sim.

Hoje, trago para vocês uma questão comentada do Exame de Suficiência 2021.2, um dos mais difíceis da história.

Como todas as outras realizadas pela Consulplan, foi uma prova bastante complicada e diferente das demais, o que reforça a necessidade de se estudar com muita antecedência, já que não é possível estabelecer um parâmetro para o que cairá na próxima prova.

Acredito que a taxa de reprovação fique em torno de 80%. Por isso, estudar de forma planejada e organizada é essencial.

Se quiser se juntar ao nosso time de milhares de alunos do CFC De A a Z, estamos com matrículas abertas!

E o que você encontrará lá, em nossa assinatura anual, por apenas 12 x R$ 49,90?

Vídeos, livros digitais, mais de 30 horas de provas anteriores comentadas, simulados, fórum de dúvidas, grupo de alunos, semana de revisão de véspera, mapas mentais, planos de estudos e muito mais.

Então, vamos ao que interessa? A nossa questão!

Mas, antes, se você quiser, pode aproveitar e fazer o download gratuito da Prova 2021.2 Resolvida através do link abaixo.

Questão resolvida:

Texto para responder à questão 49

O futebol é uma das principais práticas desportivas e, inclusive, atração cultural para o povo brasileiro, o que, consequentemente, provoca reflexos na economia do país ao gerar empregos diretos e indiretos no mercado, por seu potencial econômico. A notoriedade do futebol, como modalidade esportiva, foi um dos principais fatores a fazer com que o esporte se consolidasse também como uma área de negócio. A importância social e econômica do esporte tornou praticamente necessário que os clubes de futebol utilizassem a contabilidade, aliada às ferramentas de gestão, no processo de geração de informações para a tomada de decisão.

Embora o futebol movimente grandes volumes de recursos, é destacado por Silva, Teixeira e Niyama (2009, p. 1) que “as discussões recentes na imprensa esportiva sobre a viabilidade financeira de alguns clubes, o elevado endividamento, a falta de controle financeiro e os problemas de governança corporativa alertam para a relevância da contabilidade para estas entidades”. Por isso, o estudo da contabilidade aplicada às entidades desportivas é considerado relevante e, nesse sentido, normas contábeis foram instituídas para orientar o processo de contabilização dos fatos relativos às transações de entidades desportivas profissionais, de tal modo que se atribui à Contabilidade um papel imprescindível para a transparência econômico-financeira dessas entidades, bem como no auxílio à sua gestão.

(Christiane Maria Arantes Vieira Bragato, Marli Auxiliadora da Silva. RBC nº 243. Ano XLIX. Maio/Junho de 2020. Disponível em: http://rbc.cfc.org.br/index.php/rbc/article/view/1860/1292/. Fragmento com adaptações.)

O segundo parágrafo do texto é composto por dois períodos iniciados por elementos específicos de conexão textual que contribuem para a progressão das ideias apresentadas e produção de efeito de sentido desejado pelas autoras.

Sobre a referência anterior, pode-se afirmar que:

A) O primeiro período apresenta uma representação hipotética seguida de uma explicação iniciada no segundo período.

B) O parágrafo inicia-se com uma informação considerada como fato real seguindo-se, no segundo período, de expressão da continuação lógica do raciocínio.

C) A expressão “Embora o futebol movimente” pode ser substituída por “Ainda que o futebol movimentasse” sem que haja qualquer tipo de alteração semântica tanto no primeiro quanto no segundo períodos.

D) O fato de o futebol ser apresentado como uma atividade capaz de movimentar uma quantia considerável de recursos é visto como fundamental para que a Contabilidade tenha, nessa área, uma forte e necessária atuação.

Comentários:

Letra A – ERRADA. O primeiro período apresenta um fato e não uma situação hipotética. O futebol movimenta um grande volume de recursos.

Letra B – CORRETA. O segundo período é uma decorrência lógica do primeiro período. Apesar de movimentar muito dinheiro, a falta de controle financeiro, o endividamento dos clubes e os problemas de governança tornam importante o estudo da contabilidade aplicada a esse cenário.

Letra C – ERRADA. Ao substituir as conjunções, há alteração de sentido. “Embora o futebol movimente” deixa claro que é um fato real. Já em “Ainda que o futebol movimentasse” traz uma ideia hipotética

Letra D – ERRADA. Os fatos que tornam necessária a atuação da Contabilidade são o endividamento dos clubes, a falta de controle financeiro e os problemas de governança corporativa. A Contabilidade é fundamental para trazer clareza sobre como esse grande volume de recursos é administrado pelos clubes.

Gabarito: Letra B.

Categorias
Sem categoria

Exame de Suficiência 2022.1: Saiu o Edital!

Olá, pessoal! Tudo bem? Saiu o edital do Exame de Suficiência CFC 2022.1.

O Conselho Federal de Contabilidade publicou nesta sexta feira dia 11/03/2022 o edital do exame 2022.1

Neste artigo falaremos sobre as principais informações da prova.

PRINCIPAIS INFORMAÇÕES SOBRE A PROVA:

1 – Qual será a banca do próximo Exame CFC 2022.1?

Será a Consulplan, repetindo os Exames 2021.2, 2021.1, 2020.2, 2020.1, 2019.2, 2018.1, 2018.2 e 2019.1

Com provas cada vez mais difíceis e totalmente distintas.

2 – Quando será a prova 2022.1?

A prova será aplicada no dia 15/05/2022 e de maneira PRESENCIAL, no período das 10 às 14 horas, segundo o horário de Brasília.

3 – Qual o período de inscrição?

As inscrições para o Exame 2022.1 serão abertas às 14 horas do dia 14 de março de 2022 e se encerrarão às 16 horas do dia 13 de abril de 2022.

4- Qual o valor da taxa de inscrição?

A taxa de inscrição é de 70,00 (setenta reais). Os pedidos de insenção deverão ser realizados das 14 horas do dia 14 de março até as 16 horas do dia 16 de março.

5- Quem pode solicitar a isenção de pagamento?

6- Quem poderá fazer a prova do Exame 2022.1?

Os alunos que estiverem cursando o último ano de faculdade na data de realização do Exame e bacharéis que não possuem o registro na categoria Contador.

7- Quem não poderá realizar a prova do Exame de Suficiência 2022.1?

Segundo o edital:

8 – Quais as matérias que irão cair na prova 2022.1?

9 – Qual a pontuação mínima necessária para obter o CRC?

Para conseguir ser aprovado e obter o seu registro na prova, é necessário fazer, no mínimo 25 pontos.

Vale ressaltar que a prova é objetiva e apresenta 50 questões e, nos últimos anos, o índice de reprovação chegou a atingir 80% dos alunos que realizaram o Exame.

10- Como me preparar para ser aprovado no Exame 2022.1?

Se você, depois de ler todas essas informações, está achando impossível começar a se preparar desde já, saiba que a sua aprovação está mais perto do que imagina.

No CFC de A a Z você encontrará um curso objetivo, sem enrolação e preparado com base nas provas anteriores do Exame de Suficiência, com centenas de questões da Consulplan, com mais de 30 horas de provas anteriores comentadas, além de mapas mentais, material em PDF, videoaulas, simulados e muito mais.

Tudo elaborado pensando na aprovação dos nossos alunos!

Além do nosso curso completo, temos uma novidade especial!

Os alunos que se matricularem até o dia 18 de Março levarão como BÔNUS:

➕ Curso CFC De A a Z para Desesperados (de R$ 249 por R$ 0,00)
➕ Curso Completo de HP-12C, do Básico ao Avançado (De R$ 99 por R$ 0,00)
➕ Ebook 1.000 Questões Comentadas de Contabilidade Para Concursos (De R$ 97 por R$ 0,00)
➕ Ebook 600 Questões Comentadas de CPCs para Concursos (De R$ 79 por R$ 0,00)
➕ Contabilidade Em Áudio (De R$ 49 por R$ 0,00)

Não perca tempo, pois cada segundo agora conta! Faça parte do nosso time com milhares de aprovados por apenas 12x R$ 49,90 e passe com facilidade no Exame de Suficiência.

MAIS DE 500 REAIS EM BÔNUS!

É ou não uma excelente oportunidade?

Confira a nossa análise de edital ao vivo:

Categorias
Sem categoria

Questão 48 Comentada: Exame CFC 2021.2

Olá! Tudo bem? Espero que sim.

Hoje, trago para vocês uma questão comentada do Exame de Suficiência 2021.2, um dos mais difíceis da história.

Como todas as outras realizadas pela Consulplan, foi uma prova bastante complicada e diferente das demais, o que reforça a necessidade de se estudar com muita antecedência, já que não é possível estabelecer um parâmetro para o que cairá na próxima prova.

Acredito que a taxa de reprovação fique em torno de 80%. Por isso, estudar de forma planejada e organizada é essencial.

Se quiser se juntar ao nosso time de milhares de alunos do CFC De A a Z, estamos com matrículas abertas!

E o que você encontrará lá, em nossa assinatura anual, por apenas 12 x R$ 49,90?

Vídeos, livros digitais, mais de 30 horas de provas anteriores comentadas, simulados, fórum de dúvidas, grupo de alunos, semana de revisão de véspera, mapas mentais, planos de estudos e muito mais.

Então, vamos ao que interessa? A nossa questão!

Mas, antes, se você quiser, pode aproveitar e fazer o download gratuito da Prova 2021.2 Resolvida através do link abaixo.

Questão resolvida:

Sobre o julgamento profissional e a condução de auditorias, leia atentamente a situação hipotética a seguir.

“APHA S/A, empresa do setor de energia elétrica, contratou serviços de auditoria independente. Durante a realização dos trabalhos, o auditor observou que os procedimentos contábeis adotados, assim como a escrituração contábil efetuada, apresentaram significativas, importantes e graves discordâncias com as normas estabelecidas pelo Conselho Federal de Contabilidade. Frente à situação, o auditor levou ao conhecimento da administração da empresa, com a qual discutiu a extrema gravidade da situação, haja vista a interpretação equivocada, inclusive, das normas expedidas pela agência reguladora, e propôs os ajustes contábeis necessários e devidos. Após a exposição e as sugestões do auditor, mesmo ciente do alto grau de discordâncias apontado, a empresa decidiu que não seriam promovidas as alterações sugeridas, alegando que a empresa teria seguido o que fora estabelecido pela agência reguladora do setor de energia elétrica, no que tange aos procedimentos e escrituração contábil das empresas reguladas.”

Frente à situação descrita, o auditor deverá emitir relatório:

A) Com “opinião adversa”.

B) Com “opinião com ressalva”.

C) Com “abstenção de opinião”.

D) “Sem ressalva”, esclarecendo que a escrituração e os procedimentos contábeis estão de acordo com as normas estabelecidas pela agência reguladora pertinente.

Comentários:

Essa questão teve uma certa polêmica.

Mas vamos entendê-la com calma.

Veja que a questão nos diz que o auditor observou que

(1) os procedimentos contábeis adotados pela empresa não estão de acordo com as Normas, bem como (2) a escrituração contábil apresentam, também, significativas, importantes e graves discordâncias das Normas emitidas pelo CFC.

Além disso, o auditor expôs à administração da entidade que ela não está obedecendo as normas expedidas por agências reguladoras.

Agora eu te pergunto, se você fosse um auditor(a), sabendo que os procedimentos contábeis e a escrituração não atendem aos CPCs, ou seja, não estão de acordo com a estrutura de relatório financeiro aplicável, o que você faria?

Pois é! A única coisa a se fazer é emitir uma opinião ADVERSA!

Entende-se que há sim distorções e que elas estão generalizadas nas demonstrações.

Logo…

Gabarito: Letra A.

Categorias
Sem categoria

Questão 47 Comentada: Exame CFC 2021.2

Olá! Tudo bem? Espero que sim.

Hoje, trago para vocês uma questão comentada do Exame de Suficiência 2021.2, um dos mais difíceis da história.

Como todas as outras realizadas pela Consulplan, foi uma prova bastante complicada e diferente das demais, o que reforça a necessidade de se estudar com muita antecedência, já que não é possível estabelecer um parâmetro para o que cairá na próxima prova.

Acredito que a taxa de reprovação fique em torno de 80%. Por isso, estudar de forma planejada e organizada é essencial.

Se quiser se juntar ao nosso time de milhares de alunos do CFC De A a Z, estamos com matrículas abertas!

E o que você encontrará lá, em nossa assinatura anual, por apenas 12 x R$ 49,90?

Vídeos, livros digitais, mais de 30 horas de provas anteriores comentadas, simulados, fórum de dúvidas, grupo de alunos, semana de revisão de véspera, mapas mentais, planos de estudos e muito mais.

Então, vamos ao que interessa? A nossa questão!

Mas, antes, se você quiser, pode aproveitar e fazer o download gratuito da Prova 2021.2 Resolvida através do link abaixo.

Questão resolvida:

Os Arts. 171 a 179 do Decreto-Lei nº 2848 de 1940 (Código Penal Brasileiro) versam sobre estelionato e outras fraudes. São inúmeros os tipos de fraudes e catastróficos os impactos causados à instituição vitimada e à sociedade. A fraude é um risco classificado no grupo de risco operacional, pois, habitualmente, ocorre em virtude de adulteração de controles, descumprimento e/ou interpretação discricionária tendenciosa de procedimentos contábeis, desvio de valores, divulgação ilegal de informações etc. Como resultados de estudos feitos, no Brasil, em determinado ano, foram elaborados os gráficos dispostos nas figuras 1, 2 e 3 a seguir:

Considerando os conhecimentos contábeis sobre as áreas de uma empresa/organização/instituição, bem como a interpretação dos dados divulgados nas figuras anteriores, resultantes dos estudos realizados, um auditor chegará às seguintes conclusões, EXCETO:

A) As áreas mais suscetíveis de fraudes são aquelas onde, normalmente, podem estar concentrados os principais ativos da empresa.

B) Os maiores responsáveis por fraudes são os funcionários, seguidos pelos prestadores de serviços e fornecedores, respectivamente.

C) Menos de 10% das vítimas de fraudes conseguem recuperar suas perdas totalmente; e, mais de 20% conseguem recuperar em torno de 25% de suas perdas.

D) A atenção na contratação e no acompanhamento de funcionários, principalmente aqueles alocados na área financeira e na área contábil, reduzirá as fraudes em 58%.

Comentários:

A questão quer a alternativa incorreta.

Vamos analisar uma a uma.

a) As áreas mais suscetíveis de fraudes são aquelas onde, normalmente, podem estar concentrados os principais ativos da empresa.

A letra A está correta, basta olharmos a figura 1. Percebemos que o financeiro, tesouraria, compras, são os setores mais afetados por fraudes. É lá onde temos os principais ativos da entidade.

b) Os maiores responsáveis por fraudes são os funcionários, seguidos pelos prestadores de serviços e fornecedores, respectivamente.

A letra B também está correta, visto que, de acordo com a figura 3, funcionários têm 58%, prestadores de serviços 18% e fornecedores 14%.

c) Menos de 10% das vítimas de fraudes conseguem recuperar suas perdas totalmente; e, mais de 20% conseguem recuperar em torno de 25% de suas perdas.

A letra C está correta. Vemos, na figura 2, que 8% das vítimas (menos de 10%) conseguem recuperar 100% de suas perdas. E, 24% (mais de 20%) consegue recuperar em torno de 25% de suas perdas.

d) A atenção na contratação e no acompanhamento de funcionários, principalmente aqueles alocados na área financeira e na área contábil, reduzirá as fraudes em 58%.

Por fim, ficamos com o nosso gabarito, letra D. Essa alternativa está incorreta, pois, se observarmos na figura 1, financeiro (39%) e contábil (10%) equivalem a 49% das fraudes nas empresas. Logo, não há garantias de que reduzirá em torno de 58% das fraudes.

Gabarito: Letra D.

Categorias
Sem categoria

Questão 46 Comentada: Exame CFC 2021.2

Olá! Tudo bem? Espero que sim.

Hoje, trago para vocês uma questão comentada do Exame de Suficiência 2021.2, um dos mais difíceis da história.

Como todas as outras realizadas pela Consulplan, foi uma prova bastante complicada e diferente das demais, o que reforça a necessidade de se estudar com muita antecedência, já que não é possível estabelecer um parâmetro para o que cairá na próxima prova.

Acredito que a taxa de reprovação fique em torno de 80%. Por isso, estudar de forma planejada e organizada é essencial.

Se quiser se juntar ao nosso time de milhares de alunos do CFC De A a Z, estamos com matrículas abertas!

E o que você encontrará lá, em nossa assinatura anual, por apenas 12 x R$ 49,90?

Vídeos, livros digitais, mais de 30 horas de provas anteriores comentadas, simulados, fórum de dúvidas, grupo de alunos, semana de revisão de véspera, mapas mentais, planos de estudos e muito mais.

Então, vamos ao que interessa? A nossa questão! Mas, antes, se você quiser, pode aproveitar e fazer o download gratuito da Prova 2021.2 Resolvida através do link abaixo.

Questão resolvida:

Uma sociedade empresária apresentou as seguintes informações sobre o Patrimônio Líquido, em 31/12/2020:

Considerando exclusivamente os dados apresentados, é correto afirmar que:

A) O Patrimônio Líquido da empresa variou em R$ 290.000,00.

B) O saldo final da conta de Lucros e Prejuízos Acumulados foi de R$ 93.000,00.

C) A Constituição de Reservas causou uma redução no Patrimônio Líquido de R$ 10.000,00.

D) Os Dividendos a Distribuir causaram um aumento de R$ 22.000,00 no Patrimônio Líquido.

Comentários:

A) O Patrimônio Líquido da empresa variou em R$ 290.000,00.

A letra a está incorreta. Vejamos quanto variou o PL da empresa…

B) O saldo final da conta de Lucros e Prejuízos Acumulados foi de R$ 93.000,00.

Este, portanto, é o nosso gabarito.

C) A Constituição de Reservas causou uma redução no Patrimônio Líquido de R$ 10.000,00.

Essa alternativa pode ser prontamente descartada, visto que a constituição de reservas não afeta o total do PL.

D – Lucros acumulados

C – Reservas

D) Os Dividendos a Distribuir causaram um aumento de R$ 22.000,00 no Patrimônio Líquido.

A distribuição de dividendos diminui o PL, e não causam aumento.

Gabarito: Letra B.

Categorias
Sem categoria

Questão 45 Comentada: Exame CFC 2021.2

Olá! Tudo bem? Espero que sim.

Hoje, trago para vocês uma questão comentada do Exame de Suficiência 2021.2, um dos mais difíceis da história.

Como todas as outras realizadas pela Consulplan, foi uma prova bastante complicada e diferente das demais, o que reforça a necessidade de se estudar com muita antecedência, já que não é possível estabelecer um parâmetro para o que cairá na próxima prova.

Acredito que a taxa de reprovação fique em torno de 80%. Por isso, estudar de forma planejada e organizada é essencial.

Se quiser se juntar ao nosso time de milhares de alunos do CFC De A a Z, estamos com matrículas abertas!

E o que você encontrará lá, em nossa assinatura anual, por apenas 12 x R$ 49,90?

Vídeos, livros digitais, mais de 30 horas de provas anteriores comentadas, simulados, fórum de dúvidas, grupo de alunos, semana de revisão de véspera, mapas mentais, planos de estudos e muito mais.

Então, vamos ao que interessa? A nossa questão!

Mas, antes, se você quiser, pode aproveitar e fazer o download gratuito da Prova 2021.2 Resolvida através do link abaixo.

Questão resolvida:

Um empresário deseja fazer uma aplicação financeira no valor de R$50.000,00. Considerando os sistemas de juros simples e compostos, o tempo de aplicação e a taxa de juros correspondente, é INCORRETO afirmar que:

A) Para obter um montante de R$82.500,00 sob um regime de juros simples após dez semestres, a taxa de juros anual é de 13%.

B) Sob o regime de juros compostos com uma taxa de 10% ao ano, o tempo para receber um rendimento de R$23.205,00 é quatro anos.

C) Se a aplicação for feita sob um regime de juros compostos com uma taxa de 9% ao ano, por um período de dois anos, o empresário obterá um rendimento que representa 14,5% do capital original.

D) Se a aplicação for feita sob um regime de juros simples com uma taxa de 13,2% ao ano, por um período de cinco semestres, o empresário obterá um montante de 33% maior que o capital original.

Comentários:

A questão pede a alternativa INCORRETA.

Vamos testar cada uma das alternativas para encontrar a resposta.

  1. Para obter um montante de R$82.500,00 sob um regime de juros simples após dez semestres, a taxa de juros anual é de 13%.

Temos que confirmar se o valor da taxa é realmente de 13% para a capitalização simples.

O Valor Presente (VP) dado pelo enunciado é de R$50.000,00.

O período (n) é de 10 semestres.

Vamos testar o valor da taxa (i) de 13% a.a. e verificar se o Montante ou Valor Futuro (VF) será de R$82.500,00, como diz a assertiva.

No regime de JUROS SIMPLES, para o cálculo com a HP12C, a taxa deve estar sempre AO ANO e o período sempre em DIAS.   1 semestre = 180 dias   n = 10 semestres n = 10 x 180 dias n = 1800 dias  TeclasMostradorDescrição
f CLEAR REG0,00Limpar registros
50000 CHS PV-50.000,00Valor da aplicação
1800 n1.800,00período em DIAS
13 i13,00taxa ao ANO
f INT32.500,00Valor dos JUROS SIMPLES
RCL PV CHS50.000,00Recupera o PV e muda o sinal
+82.500,00Montante ou Valor Futuro

Para o cálculo com a fórmula, o período e a taxa devem estar na mesma unidade de tempo.   No regime de Juros Simples, as taxas proporcionais são equivalentes, portanto:   i = 13% a.a. i = 13% ÷ 2 = 6,5% ao semestre = 0,065   n = 10 semestresFórmula do Montante Simples
VF = VP (1 + i . n) VF = 50.000 (1 + 0,065 . 10) VF = 50.000 (1 + 0,65) VF = 50.000 . 1,65 VF = 82.500

CORRETA. Não é o gabarito, pois a questão pede a incorreta.

  1. Sob o regime de juros compostos com uma taxa de 10% ao ano, o tempo para receber um rendimento de R$23.205,00 é quatro anos.

Para o cálculo de JUROS COMPOSTOS com a HP12C e com a fórmula, a taxa e o período devem estar na mesma unidade de tempo.

O valor de n é de 4 anos.

A taxa é de 10% a.a. = 0,1 O Valor Futuro é a soma do VP com os JUROS (J). Portanto, o VF deve ser igual a 73.205 (50.000 + 23.205).

Fórmula do Montante CompostoHP12C
TeclasMostradorDescrição
VF = VP (1 + i)n VF = 50.000 (1 + 0,1)4 VF = 50.000 (1,1)4 VF = 50.000 (1,4641) VF = 73.205,00f CLEAR REG0,00Limpar registros
50000 CHS PV-50.000,00Valor da aplicação
4 n4,00Período em ANOS
10 i10,00Taxa ao ANO
FV73.205,00Valor Futuro

CORRETA. Não é o gabarito, pois a questão pede a incorreta.

  1. Se a aplicação for feita sob um regime de juros compostos com uma taxa de 9% ao ano, por um período de dois anos, o empresário obterá um rendimento que representa 14,5% do capital original.

Aqui podemos calcular o Valor Futuro e depois a variação percentual entre o VP e o VF para encontrar o rendimento em %.

Fórmula do Montante CompostoHP12C
TeclasMostradorDescrição
VF = VP (1 + i)n VF = 50.000 (1 + 0,09)4 VF = 50.000 (1,09)2 VF = 50.000 (1,1881) VF = 59.405,00f CLEAR REG0,00Limpar registros
50000 CHS PV-50.000,00Valor da aplicação
2 n2,00Período em ANOS
9 i9,00Taxa ao ANO
FV59.405,00Valor Futuro
∆% = [(VF ÷ VP) – 1] x 100% ∆% = [(59.405÷50.000)-1]x100% ∆% = [1,1881 – 1] x 100% ∆% = 0,1881 x 100% ∆% = 18,81%RCL PV CHS50.000,00Recupera o VP
RCL FV59.405,00Recupera o VF
∆%18,81Rendimento em %

INCORRETA. GABARITO. O rendimento representa 18,81% do capital original, e não 14,5%.

  1. Se a aplicação for feita sob um regime de juros simples com uma taxa de 13,2% ao ano, por um período de cinco semestres, o empresário obterá um montante de 33% maior que o capital original.

Assim como na alternativa anterior, aqui podemos calcular o Valor Futuro e depois a variação percentual entre o VP e o VF para encontrar o rendimento em %, porém, utilizando o regime de JUROS SIMPLES.

No regime de JUROS SIMPLES, para o cálculo com a HP12C, a taxa deve estar sempre AO ANO e o período sempre em DIAS.   1 semestre = 180 dias   n = 5 semestres n = 5 x 180 dias n = 900 dias   i = 13,2% a.a.TeclasMostradorDescrição
f CLEAR REG0,00Limpar registros
50000 CHS PV-50.000,00Valor da aplicação
900 n900,00período em DIAS
13.2 i13,20taxa ao ANO
f INT16.500,00Valor dos JUROS SIMPLES
RCL PV CHS50.000,00Recupera o PV e muda o sinal
+66.500,00Montante ou Valor Futuro
FV66.500,00Registra em FV
RCL PV CHS50.000,00Recupera o PV e muda o sinal
RCL FV66.500,00Recupera FV
∆%33,00Variação %

Para o cálculo com a fórmula, o período e a taxa devem estar na mesma unidade de tempo.   No regime de Juros Simples, as taxas proporcionais são equivalentes, portanto:   n = 5 semestres   i = 13,2% a.a. i = 13,2% ÷ 2 i = 6,6% ao semestre = 0,066  Fórmula do Montante Simples
VF = VP (1 + i . n) VF = 50.000 (1 + 0,066 . 5) VF = 50.000 (1 + 0,33) VF = 50.000 . 1,33 VF = 66.500   ∆% = [(VF÷VP)-1] x 100% ∆% = [(66.500÷50.000)-1] x 100% ∆% = [1,33 – 1] x 100% ∆% = 0,33 x 100% ∆% = 33%

CORRETA. Não é o gabarito, pois a questão pede a incorreta.

Gabarito: Letra C.

Categorias
Sem categoria

Questão 44 Comentada: Exame CFC 2021.2

Olá! Tudo bem? Espero que sim.

Hoje, trago para vocês uma questão comentada do Exame de Suficiência 2021.2, um dos mais difíceis da história.

Como todas as outras realizadas pela Consulplan, foi uma prova bastante complicada e diferente das demais, o que reforça a necessidade de se estudar com muita antecedência, já que não é possível estabelecer um parâmetro para o que cairá na próxima prova.

Acredito que a taxa de reprovação fique em torno de 80%. Por isso, estudar de forma planejada e organizada é essencial.

Se quiser se juntar ao nosso time de milhares de alunos do CFC De A a Z, estamos com matrículas abertas!

E o que você encontrará lá, em nossa assinatura anual, por apenas 12 x R$ 49,90?

Vídeos, livros digitais, mais de 30 horas de provas anteriores comentadas, simulados, fórum de dúvidas, grupo de alunos, semana de revisão de véspera, mapas mentais, planos de estudos e muito mais.

Então, vamos ao que interessa? A nossa questão! Mas, antes, se você quiser, pode aproveitar e fazer o download gratuito da Prova 2021.2 Resolvida através do link abaixo.

Questão resolvida:

A Parceria Público-Privada (PPP) é o contrato de prestação de serviços firmado pela Administração Pública e a iniciativa privada, tendo por objeto a implantação e a oferta de empreendimento destinado à fruição direta ou indireta da coletividade, incumbindo-se a iniciativa privada da sua estruturação, financiamento, execução, conservação e operação. Nos contratos de PPPs, o poder público assume obrigação de pagamentos periódicos e de longo prazo a um parceiro privado pela prestação de determinado serviço. Para assegurar o cumprimento desses pagamentos, é necessário constituir uma garantia financeira. Nesse sentido, assinale a contabilização da execução de uma garantia, no órgão público, em um contrato de PPP.

Comentários:

A questão cobra a contabilização da EXECUÇÃO do contrato de PPP (parceria público-privada).

A questão dá algumas dicas para, mesmo quem não sabe a contabilização, marcar a alternativa correta.

Primeiro, uma execução de um contrato de PPP é feita em contas de natureza de informação de controle.

Logo, eliminamos as alternativas B e D.

Como se trata de uma EXECUÇÃO, utilizamos as contas de controles CREDORES, que começam com 8. Portanto…

Gabarito: Letra C.

Categorias
Sem categoria

Questão 43 Comentada: Exame CFC 2021.2

Olá! Tudo bem? Espero que sim.

Hoje, trago para vocês uma questão comentada do Exame de Suficiência 2021.2, um dos mais difíceis da história.

Como todas as outras realizadas pela Consulplan, foi uma prova bastante complicada e diferente das demais, o que reforça a necessidade de se estudar com muita antecedência, já que não é possível estabelecer um parâmetro para o que cairá na próxima prova.

Acredito que a taxa de reprovação fique em torno de 80%. Por isso, estudar de forma planejada e organizada é essencial.

Se quiser se juntar ao nosso time de milhares de alunos do CFC De A a Z, estamos com matrículas abertas!

E o que você encontrará lá, em nossa assinatura anual, por apenas 12 x R$ 49,90?

Vídeos, livros digitais, mais de 30 horas de provas anteriores comentadas, simulados, fórum de dúvidas, grupo de alunos, semana de revisão de véspera, mapas mentais, planos de estudos e muito mais.

Então, vamos ao que interessa? A nossa questão!

Mas, antes, se você quiser, pode aproveitar e fazer o download gratuito da Prova 2021.2 Resolvida através do link abaixo.

Questão resolvida:

Na Contabilidade Aplicada ao Setor Público, no que diz respeito à consolidação das demonstrações contábeis, foi criado, no PCASP, um mecanismo para a segregação dos valores das transações que serão incluídas ou excluídas na consolidação. Este mecanismo consiste na utilização do 5º nível (subtítulo) das classes 1, 2, 3 e 4 do PCASP para identificar os saldos recíprocos.

Nesse sentido, considere a seguinte situação: “determinado município possui Regime Próprio de Previdências Social (RPPS); a prefeitura faz a contribuição para esse RPPS mensalmente”. Assinale a alternativa que evidencia o registro contábil do reconhecimento da obrigação referente à contribuição patronal da prefeitura para o RPPS pela ocorrência do fato gerador, considerando que são entidades pertencentes ao mesmo Orçamento Fiscal e de Seguridade Social:

Comentários:

Questão que cobra a contabilização dos encargos patronais de uma determinada prefeitura para o seu ente de RPSS.

É uma contabilização que vemos no nosso curso.

Nesse caso, esses encargos são uma despesa (variação patrimonial diminutiva) por parte da prefeitura (é como se fosse um INSS patronal, pegou a visão?).

Então, por competência e utilizando contas de natureza de informação patrimonial, temos:

D- 312120000 Encargos Patronais ao RPPS (intra OFSS)

C- 211420000 Encargos Patronais a pagar ao RPPS (intra OFSS)

Gabarito Letra B.

Categorias
Sem categoria

Questão 42 Comentada: Exame CFC 2021.2

Olá! Tudo bem? Espero que sim.

Hoje, trago para vocês uma questão comentada do Exame de Suficiência 2021.2, um dos mais difíceis da história.

Como todas as outras realizadas pela Consulplan, foi uma prova bastante complicada e diferente das demais, o que reforça a necessidade de se estudar com muita antecedência, já que não é possível estabelecer um parâmetro para o que cairá na próxima prova.

Acredito que a taxa de reprovação fique em torno de 80%. Por isso, estudar de forma planejada e organizada é essencial.

Se quiser se juntar ao nosso time de milhares de alunos do CFC De A a Z, estamos com matrículas abertas!

E o que você encontrará lá, em nossa assinatura anual, por apenas 12 x R$ 49,90?

Vídeos, livros digitais, mais de 30 horas de provas anteriores comentadas, simulados, fórum de dúvidas, grupo de alunos, semana de revisão de véspera, mapas mentais, planos de estudos e muito mais.

Então, vamos ao que interessa? A nossa questão!

Mas, antes, se você quiser, pode aproveitar e fazer o download gratuito da Prova 2021.2 Resolvida através do link abaixo.

Questão Resolvida:

No Balanço Patrimonial de um ente governamental é necessário incluir um quadro do Superavit/Deficit Financeiro, de acordo com o disposto no § 2º, Art. 43, da Lei nº 4.320/1964. Um ente público apresentou as seguintes informações sobre fonte de recursos:

Com base nas informações descritas, assinale o valor do Superavit / Deficit Financeiro.

A) Deficit de R$ 370,00.                                                                   

B) Deficit de R$ 1.160,00.

C) Superavit de R$ 180,00.                                                             

D) Superavit de R$ 1.340,00.

Comentários:

Conforme comentado nas aulas do CFC De A a Z e na Escola Contábil, no setor público, apuramos o superávit/déficit financeiro através do Balanço Patrimonial. Esse cálculo é feito através das fontes de recursos. Portanto, nessa questão, bastava somar e diminuir os valores propostos.

Superávit/déficit financeiro: 100 + 250 – 400 – 300 + 670 + 320 – 460 = 180

Gabarito Letra C.