Questão 6 Comentada – CRC 2019.2

Olá, pessoal! Tudo bem com vocês?

Quer receber TODAS as novidades do Exame CFC 2020? Cadastre-se em nossa Lista de E-mails abaixo!

Deixo, a seguir, uma questão corrigida da Prova do Exame de Suficiência 2019.2.

Como todas as outras realizadas pela Consulplan, foi uma prova bastante complicada e diferente das demais, o que reforça a necessidade de se estudar com muita antecedência, já que não é possível estabelecer um parâmetro para o que cairá na próxima prova.

Lembre-se de que o índice de reprovação tem girado entre 60 e 70%.

Em média, de cada 100 candidatos, apenas 25 a 35 são aprovados.

Por isso, quanto mais você estudar e quanto antes você estudar será certamente MUITO melhor!

Em síntese: você tem que evoluir bastante e estar pronto para uma verdadeira batalha!

Por isso, o CFC De A a Z é um curso que veio para te ajudar.

Além desta prova comentada, há teoria, vídeos completos, simulados, acompanhamento completo, aulas inéditas, semana de revisão de véspera e muitas centenas de questões comentadas no curso, todas anteriores do Exame. Tudo isso por um preço que cabe no seu bolso.

Pode ter certeza de que, ao final, você estará muito melhor preparado para realizar a prova do que hoje!

Caso queira conhecer o nosso curso, basta clicar no botão abaixo.  Será um prazer ter você no nosso time.

Um grande abraço.

Prof. Gabriel Rabelo

Auditor Fiscal da SEFAZ RJ

Fundador do CFC De A a Z

Professor para Concursos e Exames há 10 anos

Questão:

06. (Consulplan/Exame CFC/2019.2)

Os registros e lançamentos contábeis realizados na Contabilidade de uma Sociedade Empresária provocam alterações e modificações nos principais grupos de contas do Patrimônio. A partir de algumas transações e operações ocorridas no Patrimônio no mês de abril de 2018, marque V para as afirmativas verdadeiras e F para as falsas.

( ) O pagamento de uma despesa de salários de empregados do mês anterior, no dia 05 do mês seguinte, diminui o Ativo e o Passivo Exigível e não gera nenhuma mudança no Patrimônio Líquido.

( ) A compra de ações da própria empresa, à vista, diminui o Ativo, não afeta o Passivo Exigível e aumenta o Patrimônio Líquido.

( ) A compra a prazo de um Imobilizado altera o Ativo, altera o Passivo Exigível e aumenta o Patrimônio Líquido.

A sequência está correta em

A) F, F, V.

B) F, V, F.

C) V, F, F.

D) V, V, F.

Comentários:

Vejamos um a um…

(V) O pagamento de uma despesa de salários de empregados do mês anterior, no dia 05 do mês seguinte, diminui o Ativo e o Passivo Exigível e não gera nenhuma mudança no Patrimônio Líquido.

Item correto. Cabe lembrar que na contabilidade existe o regime de competência.

Aqui, temos de saber o seguinte: o salário deve ser reconhecido mês a mês pela empresa como despesa, como propõe o regime de competência (receitas e despesas devem ser reconhecidas quando ocorrem, independentemente de pagamento ou recebimento).

Assim, não importa se o salário será pago ou não naquele momento, a despesa ocorrerá quando o funcionário prestar o serviço e o valor for a ele devido. Essa regra não vale para os funcionários da produção.

A contrapartida desta conta de despesa será uma conta de passivo chamada salários a pagar, já que surge uma obrigação para a empresa, qual seja, de liquidar a dívida perante os trabalhadores.

O lançamento para reconhecer o salário devido no mês é:

D – Despesas de salários (Resultado)                       XX,XX

C – Salários a pagar (Passivo)                                              XX,XX

Posteriormente, quando o salário for pago, é lançado:

D – Salários a pagar (Passivo)                                              XX,XX

C – Disponível (Caixa ou bancos – Ativo)                 XX,XX

Portanto, este segundo lançamento é o solicitado pela questão. Diminui o ativo, diminui o passivo, mas não afeta o valor do patrimônio líquido.

 (F) A compra de ações da própria empresa, à vista, diminui o Ativo, não afeta o Passivo Exigível e aumenta o Patrimônio Líquido.

Exemplo: A entidade efetuou a compra de ações da própria empresa, no valor de R$ 5.000,00.

Supondo que determinado sócio decide que quer vender parte de sua participação na empresa, cujo custo é de R$ 5.000,00. A empresa quer aproveitar o ensejo para retirar estas ações de circulação, temporariamente.

Uma opção viável é a compra destas ações, mantendo-as em tesouraria. Contabilmente, estas ações são chamadas de ações em tesouraria. Não vamos tratar aqui do ágio e deságio na compra e venda das ações em tesouraria.

A conta ações em tesouraria ficará reduzindo o PL. Afinal, está havendo uma redução do capital social. A contrapartida é a saída de dinheiro da conta caixa ou bancos. 

Ações em tesouraria = Retificadora do PL

Lançamentos:

D – Ações em tesouraria (Redutora do PL)                             5.000,00

C – Caixa (Ativo)                                                                               5.000,00

(F) A compra a prazo de um Imobilizado altera o Ativo, altera o Passivo Exigível e aumenta o Patrimônio Líquido.

A compra de imobilizado a prazo aumenta o valor do ativo e aumenta o valor do passivo, mas não altera o total do patrimônio líquido.

Item incorreto.

Gabarito: C.

Resolução em Vídeo:

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.