Questão 18 Comentada Exame CFC 2022.2

Olá! Tudo bem?

Hoje, trago para vocês uma questão comentada do Exame de Suficiência 2022.2

Como todas as outras realizadas pela Consulplan, foi uma prova bastante complicada e diferente das demais, o que reforça a necessidade de se estudar com muita antecedência.

A taxa de reprovação vem girando em torno de 70% a 80%. Por isso, estudar de forma planejada e organizada é essencial.

Se quiser se juntar ao nosso time de milhares de alunos do CFC De A a Z, estamos com matrículas abertas!

E o que você encontrará lá, em nossa assinatura anual, por apenas 12 x R$ 59,90?

Vídeos, livros digitais, mais de 30 horas de provas anteriores comentadas, simulados, fórum de dúvidas, grupo de alunos, semana de revisão de véspera, mapas mentais, planos de estudos e muito mais.

Então, vamos ao que interessa? A nossa questão! Mas, antes, se você quiser, pode aproveitar e fazer o download gratuito da Prova 2022.2 Resolvida através do link abaixo:

Questão resolvida:

A Indústria W produz somente os produtos A, B e C e trabalhou com sua capacidade normal de produção. As informações seguintes foram coletadas na gerência de custos da Indústria W e se referem aos dados de produção dos produtos A, B e C no mês de abril/2022.

Todo o processo de produção dos produtos A, B e C passa por três departamentos existentes na Indústria W. A indústria utiliza o critério de departamentalização para alocação dos Custos Indiretos de Produção Fixos a esses produtos e tais custos são assim distribuídos por departamento:

Considerando única e exclusivamente as informações apresentadas, assinale a alternativa que evidencia, respectivamente, o custo total para produzir 1.000 unidades de cada um dos produtos A, B e C no mês de abril/2022.

A) R$ 37.150,00; R$ 55.425,00; R$ 126.425,00.

B) R$ 41.000,00; R$ 58.000,00; R$ 120.000,00.

C) R$ 41.000,00; R$ 53.000,00; R$ 125.000,00.

D) R$ 39.000,00; R$ 53.000,00; R$ 126.000,00.

Comentários:

A questão apresenta falha, o exercício não nos diz quantas unidades de cada produto foram produzidas no mês em questão. Portanto não conseguimos chegar ao dado pedido: o custo para produção de 1.000 unidades de cada produto no mês. O que o enunciado exige é que inferimos que serão produzidas 1.000 unidades de cada produto produzidos neste mês. Mas, em provas, os candidatos devem trabalhar pela convicção do enunciado e não por inferências.

No entanto, para a resolução da questão didaticamente vamos desconsiderar estes aspectos e considerar que nos foram passadas todas as informações corretamente.

Questão de Contabilidade de Custos, na qual cabe um recurso. Pode ser resolvida com raciocínio lógico.

O enunciado cita três Produtos (A, B e C) e três Departamentos (1, 2 e 3), e dá os custos com mão de obra e matéria-prima para os produtos. Além disso, o enunciado também dá os custos combinados dos 3 departamentos com Manutenção, Aluguel e Energia, além da participação de cada departamento nesses custos.

Todos os produtos passam por todos os departamentos. O enunciado também nos diz o percentual de custos de cada produto dentro de cada departamento. Com isso, conseguimos chegar ao custo de cada produto dentro de cada departamento, e discriminar o custo total de cada produto no mês.

O exercício pode ser resolvido considerando 1.000 unidades de cada produto produzidos neste mês, e, portanto, a aceitação de um recurso pela banca é improvável.

Vamos à resolução:

Primeiro vamos encontrar os gastos totais de cada departamento (passo 1), depois encontrar quanto cada produto gastou em cada departamento (passo 2), para, por fim, somar esse custo ao custo de mão de obra e o de matéria-prima (passo 3). Assim, chegaremos à resposta pedida pelo enunciado: o custo de produção de cada produto no mês em referência.

Vamos lá:

1.Encontrar os gastos totais de cada departamento

a. Gastos por Departamento com Manutenção – O custo total de manutenção foi de R$ 20.000,00. O Departamento 1 (D1) gastou 100 horas, enquanto os Departamentos 2 (D2) e 3 (D3) gastaram 50 horas cada. O total de horas de manutenção gasto foi de 200 horas, a um custo de R$ 100,00/hora. Temos então os seguintes gastos de cada Departamento com a Manutenção:

Tabela

Descrição gerada automaticamente

b. Gasto por Departamento com Aluguel – Fazendo o mesmo processo de 1.a, temos: custo total de aluguel igual a R$ 15.000,00; D1 ocupando 50 m², D2 ocupando 50 m² e D3 ocupando 150 m²; totalizando um espaço de 250 m² a um preço de R$ 60,00/m². Fazendo os cálculos na tabela:

Tabela

Descrição gerada automaticamente

c. Gasto por Departamento com Energia Elétrica – Fazendo novamente o mesmo processo de 1.a, temos: custo total de Energia de R$ 25.000,00; D1 gastando 200 kWh, D2 gastando 300 kWh e D3 gastando 500 kWh; totalizando então 1.000 kWh gastos, a R$ 25,00/kWh. Colocando na tabela temos:

Tabela

Descrição gerada automaticamente

d. Agora que temos o gasto de cada departamento nos Custos Indiretos, podemos calcular o total gasto por departamento, concluindo assim a etapa 1:

Tela de celular com texto preto sobre fundo branco

Descrição gerada automaticamente

2. Encontrar quanto cada produto gastou em cada departamento

a. Produto A – Sabemos que o Produto A (PA) foi responsável por 5% dos gastos do D1, 30% dos gastos do D2 e 40% dos gastos do D3. Multiplicando essas porcentagens pelos custos totais de cada Departamento, chegamos a:

Tabela

Descrição gerada automaticamente

b. Produto B – Sabemos que o Produto B (PB) foi responsável por 25% dos gastos de D1, 15% dos gastos de D2 e 40% dos gastos de D3. Multiplicando essas porcentagens pelos custos totais de cada Departamento, chegamos a:

Tabela

Descrição gerada automaticamente

c. Produto C – Sabemos que o Produto C (PC) foi responsável por 70% dos gastos de D1, 55% dos gastos de D2 e 20% dos gastos de D3. Multiplicando essas porcentagens pelos custos totais de cada Departamento, chegamos a:

Tabela

Descrição gerada automaticamente

d. Com isso, obtivemos os custos que cada Produto teve nos Departamentos, e podemos prosseguir para o passo 3: encontrar o custo total de cada produto no mês em questão.

3. Encontrar o custo total de cada produto no mês

a. Produto A – Basta somar o Custo Indireto de PA (encontrado em 2.a), o custo de Mão de Obra dado e o custo com Matéria-Prima, também dado:

Apenas com esse dado já conseguiríamos encontrar a resposta, pois a alternativa a) é a única que que dá como custo total para o PA o valor encontrado de R$ 37.150,00. Mas prosseguiremos para conferir que o gabarito bateu.

b. Produto B – Basta somar o Custo Indireto de PB (encontrado em 2.b), o custo de Mão de Obra dado e o custo com Matéria-Prima, também dado:

Por enquanto, confirmada a resposta na alternativa a).

c. Produto C – Para bater o martelo na alternativa a) como resposta, devemos encontrar, para PC, o custo total de R$ 126.425,00. Somaremos, então, o Custo Indireto de PC (encontrado em 2.c), o custo de Mão de Obra (dado) e o custo com Matéria-Prima (também dado):

Uma imagem contendo Forma

Descrição gerada automaticamente

d. Conforme esperado, encontramos o valor de R$ 126.425,00.

Gabarito Preliminar →   A.

Solicitação →   Anulação.

Confira o comentário da questão em vídeo:

Marcadores

Deixe Seu Comentário

Artigos Relacionados

Quer receber questões e conteúdos diariamente no seu e-mail?

Cadastre-se gratuitamente na nossa lista de e-mails e fique por dentro de todas as novidades

Posts Relacionados

© 2022 CFC de A a Z. Todos os direitos reservados.