Questão 15 Comentada Exame CFC 2022.1

Olá! Tudo bem?

Hoje, trago para vocês uma questão comentada do Exame de Suficiência 2022.1

Como todas as outras realizadas pela Consulplan, foi uma prova bastante complicada e diferente das demais, o que reforça a necessidade de se estudar com muita antecedência.

A taxa de reprovação vem girando em torno de 70% a 80%. Por isso, estudar de forma planejada e organizada é essencial.

Se quiser se juntar ao nosso time de milhares de alunos do CFC De A a Z, estamos com matrículas abertas!

E o que você encontrará lá, em nossa assinatura anual, por apenas 12 x R$ 49,90?

Vídeos, livros digitais, mais de 30 horas de provas anteriores comentadas, simulados, fórum de dúvidas, grupo de alunos, semana de revisão de véspera, mapas mentais, planos de estudos e muito mais.

Então, vamos ao que interessa? A nossa questão! Mas, antes, se você quiser, pode aproveitar e fazer o download gratuito da Prova 2022.1 Resolvida através do link abaixo:

Questão resolvida:

Uma companhia aérea foi acionada na Justiça por um passageiro que teve sua bagagem extraviada. Os contadores da companhia aérea julgaram que a perda da causa na Justiça era provável e conseguiam estimar o valor da obrigação de modo confiável. Assinale, a seguir, o tratamento contábil da causa pela contabilidade da companhia aérea.

A) Nada deve ser feito.

B) Evidenciação em nota explicativa, apenas.

C) Reconhecimento de passivo e de despesa, apenas.

D) Reconhecimento de passivo e redução de caixa, apenas.

Comentários:

O gabarito dado pela banca examinadora foi a letra c (reconhecimento de passivo e de despesa, apenas). 

Contudo, vai de encontro ao que dispõe a NBC TG 25 – Provisões, passivo contingente e ativo contingente. 

A citada norma estabelece que as provisões também devem ser evidenciadas em notas explicativas. Tanto o é que é há um capítulo apenas para tratar das divulgações pertinentes. 

Segundo o Pronunciamento:

84.  Para cada classe de provisão, a entidade deve divulgar: 

(a) o valor contábil no início e no fim do período; 

(b) provisões adicionais feitas no período, incluindo aumentos nas provisões existentes; 

(c) valores utilizados (ou seja, incorridos e baixados contra a provisão) durante o período; 

(d) valores não utilizados revertidos durante o período; e 

(e) o aumento durante o período no valor descontado a valor presente proveniente da passagem do tempo e o efeito de qualquer mudança na taxa de desconto. 

Não é exigida informação comparativa. 

85.  A entidade deve divulgar, para cada classe de provisão: 

(a) uma breve descrição da natureza da obrigação e o cronograma esperado de quaisquer saídas de benefícios econômicos resultantes;

 (b) uma indicação das incertezas sobre o valor ou o cronograma dessas saídas. Sempre que necessário para fornecer informações adequadas, a entidade deve divulgar as principais premissas adotadas em relação a eventos futuros, conforme tratado no item 48; e 

(c) o valor de qualquer reembolso esperado, declarando o valor de qualquer ativo que tenha sido reconhecido por conta desse reembolso esperado.

Portanto, é errado dizer que as provisões são reconhecidas apenas em passivo e despesas, uma vez que também devem ser evidenciadas em notas explicativas

Não há, assim, resposta correta para o presente item. 

Gabarito Preliminar 🡪 C. 

Solicitação 🡪 Anulação. 

Confira o comentário da questão em vídeo:

Marcadores

Deixe Seu Comentário

Artigos Relacionados

Quer receber questões e conteúdos diariamente no seu e-mail?

Cadastre-se gratuitamente na nossa lista de e-mails e fique por dentro de todas as novidades

Posts Relacionados

© 2022 CFC de A a Z. Todos os direitos reservados.