Questão 1 Comentada: Exame CFC 2021.2

Olá! Tudo bem? Espero que sim.

Hoje, trago para vocês uma questão comentada do Exame de Suficiência 2021.2, um dos mais difíceis da história.

Como todas as outras realizadas pela Consulplan, foi uma prova bastante complicada e diferente das demais, o que reforça a necessidade de se estudar com muita antecedência, já que não é possível estabelecer um parâmetro para o que cairá na próxima prova.

Acredito que a taxa de reprovação fique em torno de 80%. Por isso, estudar de forma planejada e organizada é essencial.

Se quiser se juntar ao nosso time de milhares de alunos do CFC De A a Z, estamos com matrículas abertas!

E o que você encontrará lá, em nossa assinatura anual, por apenas 12 x R$ 39,90?

Vídeos, livros digitais, mais de 30 horas de provas anteriores comentadas, simulados, fórum de dúvidas, grupo de alunos, semana de revisão de véspera, mapas mentais, planos de estudos e muito mais.

Então, vamos ao que interessa? A nossa questão! Mas, antes, se você quiser, pode aproveitar e fazer o download gratuito da Prova 2021.2 Resolvida através do link abaixo

QUESTÃO RESOLVIDA:

No dia 01/11/2020, a empresa S.A. realizou uma aplicação financeira de R$ 75.000,00. Sabe-se que, após quatro meses, serão resgatados o capital e os juros. A taxa de juros compostos desta aplicação é de 1% a.m. Considerando exclusivamente essas informações, qual o lançamento contábil a ser feito pela empresa S.A., a fim de reconhecer a receita financeira ocorrida no ano de 2020?

A)          Débito Juros a Apropriar (AC)

Crédito Receita Financeira (DRE)        R$ 1.507,50

B)          Débito Aplicação Financeira (AC)

Crédito Receita Financeira (DRE)        R$ 1.509,50

C)          Débito Juros a Apropriar (AC)

Crédito Receita Financeira (DRE)        R$ 1.500,00

D)          Débito Aplicação Financeira (AC)

Crédito Juros a Apropriar (DRE)          R$ 3.045,30

Comentários:

A aplicação foi de R$ 75.000,00 e, ao término, resgataremos capital e juros.

O cálculo dos juros é feito da seguinte forma:

Montante = Capital (1 + i)n

Montante = Valor futuro

Capital = Valor presente

I = Taxa de juros

N = Período

A questão pede os juros de 2020. Neste caso, estamos falando de dois meses.

Montante = 75.000 x (1,01)2 = 76.507,50

Os juros até o momento, portanto, serão de 76.507,50 – 75.000,00 = R$ 1.507,50

A única alternativa com essa resposta é a letra a.

O lançamento contábil será:

Débito Juros a Apropriar (AC)

Crédito Receita Financeira (DRE)        R$ 1.507,50

Gabarito: Letra A.

Confira a resolução da questão acima em vídeo:

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.