Questão 14 Comentada – CRC 2019.2

Olá, pessoal! Tudo bem com vocês?

Quer receber TODAS as novidades do Exame CFC 2020? Cadastre-se em nossa Lista de E-mails abaixo!

Deixo, a seguir, uma questão corrigida da Prova do Exame de Suficiência 2019.2.

Como todas as outras realizadas pela Consulplan, foi uma prova bastante complicada e diferente das demais, o que reforça a necessidade de se estudar com muita antecedência, já que não é possível estabelecer um parâmetro para o que cairá na próxima prova.

Lembre-se de que o índice de reprovação tem girado entre 60 e 70%.

Em média, de cada 100 candidatos, apenas 25 a 35 são aprovados.

Por isso, quanto mais você estudar e quanto antes você estudar será certamente MUITO melhor!

Em síntese: você tem que evoluir bastante e estar pronto para uma verdadeira batalha!

Por isso, o CFC De A a Z é um curso que veio para te ajudar.

Além desta prova comentada, há teoria, vídeos completos, simulados, acompanhamento completo, aulas inéditas, semana de revisão de véspera e muitas centenas de questões comentadas no curso, todas anteriores do Exame. Tudo isso por um preço que cabe no seu bolso.

Pode ter certeza de que, ao final, você estará muito melhor preparado para realizar a prova do que hoje!

Caso queira conhecer o nosso curso, basta clicar no botão abaixo.  Será um prazer ter você no nosso time.

Um grande abraço.

Prof. Gabriel Rabelo

Auditor Fiscal da SEFAZ RJ

Fundador do CFC De A a Z

Professor para Concursos e Exames há 10 anos

Questão:

(Consulplan/Exame CFC/2019.2)

Analise as afirmativas a seguir.

– No exercício social de 20X3, a Companhia Beta S.A. apresentou lucro líquido de R$ 280.000,00. Parte desse lucro líquido, ou seja, 37,5%, foi obtido por meio de uma operação de venda de mercadorias para a Companhia Alfa S.A. No encerramento do exercício social de 20X3, todas as mercadorias adquiridas nessa operação de venda ainda constavam no estoque da Companhia Alfa S.A.

– A Companhia Alfa S.A. detém 25% de participação no capital social da Companhia Beta S.A., sendo este o único investimento da Companhia Alfa S.A. em outras sociedades. Com essa participação, a Companhia Alfa S.A. exerce influência significativa sobre a Companhia Beta S.A., mesmo sem controlá-la.

– A Companhia Alfa S.A. não é controlada (individualmente ou em conjunto) e não sofre influência significativa de outras companhias.

Considerando as informações apresentadas e o que dispõe a Norma Brasileira de Contabilidade ITG 09 (R1) – Demonstrações contábeis individuais, demonstrações separadas, demonstrações consolidadas e aplicação do método da equivalência patrimonial, no encerramento de 20X3, pode-se afirmar que:

A) O Lucro Líquido Ajustado para fins de equivalência patrimonial é R$ 210.000,00 e o Resultado da Equivalência Patrimonial é R$ 78.750,00.

B) O Lucro Líquido Ajustado para fins de equivalência patrimonial é R$ 175.000,00 e o Resultado da Equivalência Patrimonial é R$ 70.000,00.

C) O Lucro Líquido Ajustado para fins de equivalência patrimonial é R$ 210.000,00 e o Resultado da Equivalência Patrimonial é R$ 52.500,00.

D) O Lucro Líquido Ajustado para fins de equivalência patrimonial é R$ 175.000,00 e o Resultado da Equivalência Patrimonial é R$ 43.750,00.

Comentários:

Quando uma empresa vende ativos a outra, coligada ou controlada, pode haver a ocorrência de lucros não realizados. Considera-se realizado o lucro quando o ativo for vendido para terceiros.

O lucro não realizado pode ocorrer na venda de estoque, investimento, instrumentos financeiros de curto prazo, imobilizado ou intangível.

No caso do imobilizado, além de excluir o lucro não realizado, é necessário controlar a depreciação referente a esse lucro inter-companhias. Mas como se trata de um processo muito trabalhoso, dificilmente será cobrado em prova.

A maioria das questões de lucro não realizado refere-se à venda de estoque. É neste aspecto que você deve se atentar.

E como fazer o cálculo do chamado lucro não realizado? Parece complicado, mas é até simples. Vamos ver?

Modelo de cálculo do Lucro nos estoques:

1 – Achamos o valor do lucro na operação.

Valor da Venda

(-) CMV

(=) Lucro na operação

2 – Encontramos o percentual que não foi vendido a terceiros e, pronto, este será o nosso lucro não realizado.

x % Não vendido a terceiros

(=) Lucro não realizado

Portanto, fica assim:

Valor da Venda

(-) CMV

(=) Lucro na operação

x % Não vendido a terceiros

(=) Lucro não realizado

Vamos exemplificar?

Suponha que a Empresa A vendeu por R$ 700,00 estoques que custaram R$400,00 para a sua controlada Empresa B. No encerramento do balanço, 60% destes estoques ainda não haviam sido vendidos a terceiros.

Usando o modelo acima, temos:

Cálculo do Lucro Não Realizado
Valor da venda700
( – ) CMV-400
Lucro na operação300
% Não vendido a terceiros60%
Lucro não realizado180

Mas e para achar o valor da equivalência?

Temos que ter em mente o seguinte:

Portanto, para abater os lucros não realizados, temos o seguinte:

Entre coligadas:

Diminui apenas a participação da investidora.

No caso de controlada:

Diminui 100% do valor do lucro não realizado, ainda que a participação da controladora seja menor que 100%.

Por exemplo, no caso de uma controladora com 60% de participação, devemos abater 100% do lucro não realizado, para o cálculo da equivalência patrimonial.

Aí fazemos o seguinte:

Lucro Controlada/Coligada 
(x) Participação Controlada/Coligada 
Subtotal 
(-) Lucro Não Realizado 
(=) Valor da Equivalência 

Vamos resolver a nossa questão? Que tal desenharmos?

Como sabemos que se trata de coligada? A questão disse que há influência significativa.

O lucro não realizado é de R$ 105.000,00. Todavia, como se trata de coligada, tiramos apenas o percentual de investimento, que é de 25% à

Agora só jogar na tabela.

Lucro Controlada/Coligada280.000
(x) Participação Controlada/Coligada25%
Subtotal70.000
(-) Lucro Não Realizado26.250
(=) Valor da Equivalência43.750

O gabarito, portanto, é a letra d.

A banca se utilizou de outro cálculo. Fez o seguinte: 280.000 – 105.000 = 175.000,00. Esse seria o valor do lucro ajustado. A partir daí seria só calcular o percentual de 25%.

Todavia, se fosse uma operação de controle, esse cálculo não bateria.

Gabarito: D

Resolução em vídeo:

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.